11 de julho de 2010

Colégio de Aplicação UFPE

Colégio com melhor Ideb da 8ª série tem concorrência de 30 por vaga
Colégio com melhor Ideb da 8ª série tem concorrência de 30 por  vaga

Para estudar no colégio dono do melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) da 8ª série, o aluno tem de disputar uma vaga com outros 30 candidatos. A concorrência é maior do que em cinco dos cursos mais procurados no vestibular da Universidade de São Paulo (USP), no ano passado.

A seleção anual do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco, no Recife, tem uma média de 1.800 inscritos para 60 vagas. Os candidatos precisam fazer uma prova com questões de português e matemática.

A demanda não é à toa. A escola obteve nota 8,0 no Ideb - numa escala de zero a dez - e conquistou a melhor pontuação do país. O índice, divulgado esta semana pelo Ministério da Educação, leva em conta dois fatores que interferem na qualidade da educação: rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e médias de desempenho na Prova Brasil.
Fundado em março de 1958, o Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco atende 187 alunos no ensino médio e 243 ensino fundamental (de 5ª a 8ª série, o equivalente ao 6º e 9º ano). O corpo docente é formado por 45 professores efetivos, 32% possui curso de doutorado e 45% concluiu o mestrado.

Instalado no campus da Federal de Pernambuco, a escola abriga laboratórios de quimíca, biologia, matemática e física, informática, sala ambiente para música e artes, quadra de esportes e biblioteca.

"Temos uma situação diferenciada, por isso é mais do que nossa obrigação ter um ensino de qualidade. Nosso compromisso com a sociedade é fazer um bom trabalho, ser o primeiro é só uma consequência. O colégio não trabalha em função de avaliações pontuais, não é este nosso foco", diz José Carlos Alves de Souza, diretor do colégio.

Souza afirma que um dos segredos da excelência do ensino não está na escola, e sim na comunidade. "Contamos com a cumplicidade das famílias, sem o apoio delas todo resultado é mais penoso. Os pais criticam e colaboram. Esta é uma das condições de fazer um trabalho melhor."

Orgulho

Os três filhos da dona de casa Roza Maria Albuquerque, de 43 anos, estão matriculados no Colégio de Aplicação, o que é para ela, motivo de orgulho. "Eles adoram estudar, inclusive aos fins de semana e à noite. Nunca obriguei, mas é claro que incentivo. Os pais que têm filhos no Colégio de Aplicação falam disso com muito orgulho."

Aluna da 7ª série, Sara Albuquerque Freitas, de 14 anos, diz que teve de estudar muito e se sacrificar para garantir sua vaga. "Passei com muito esforço, mas valeu a pena." Para Sara, a divulgação do Ideb neste ano, aumenta a responsabilidade dos alunos que ficam e terão de fazer as próximas edições da Prova Brasil. "Temos de demonstrar que os professores são ótimos e nos ensinam bastante."

O primogênito da família, Manoel Pedro Albuquerque Freitas, de 17 anos, aluno do 3º ano do ensino médio, afirma que a infraestrutura da Universidade Federal de Pernambuco colabora muito com a qualidade de ensino do colégio. "Usamos até o laboratório de anatomia." Para o jovem, conquistar a vaga não teve segredo. "Estudo desde criancinha e se você gosta de estudar, não há nenhum mistério para ser aprovado", diz o estudante que quer cursar medicina.

Além do melhor Ideb da 8ª série no Brasil, o Colégio de Aplicação exibe outro importante número. O diretor Souza garante que 65% dos estudantes do ensino médio são aprovados nos vestibulares das universidades públicas.

http://www.clickpb.com.br/artigo.php?id=20100711051742&cat=educacao&keys=colegio-melhor-ideb-8%C2%AA-serie-tem-concorrencia-vaga

2 comentários:

O Baú das Letrinhas disse...

Olá Rosemir obriga pela sua visita ao meu blog, já sou sua seguidora, gostei do seu blog. Parabéns!
Se quiser pode visitar outro blog que tenho:asletrinhasdogil.blogspot.com
Bj de Portugal
Georgina Pinto

Manuh :D disse...

Só um detalhe,eu estudo no colegio de aplicação, e na verdade as vaga é uma desputa entre 55 vagas, ok? Obrigada!

Postar um comentário